Nosso serviço: Marketing de Conteúdo

Destacado

A CRVLing trabalha com soluções de alta qualidade para as suas necessidades de conteúdo. Nós realizamos o desenvolvimento de conteúdo para blogs, incluindo posts e e-books.

O processo consiste em cinco passos:

  • Identificação da persona do seu cliente
  • Elaboração de uma estratégia de marketing, usando o funil de vendas
  • Criação das pautas
  • Produção dos conteúdos
  • Acompanhamento dos resultados

Os conteúdos elaborados para seu blog são 100% originais. As informações são coletadas usando as melhores fontes de referência, nacionais e internacionais. O estilo pode ser customizado para atender sua necessidade: formal ou informal, institucional, técnico, comercial.

O conteúdo pode ser otimizado para SEO, com imagens adicionais, e ainda realizamos a postagem em sua plataforma.

Para falar diretamente com a CRVLing, o formulário de contato está aí, na lateral da página. Conecte-se com a gente nas redes sociais e acompanhe nossos últimos posts e novidades do nosso trabalho. Você também pode se inscrever para o feed do nosso blog, aí do lado. Tem sempre conteúdo novo por aqui!

O que eu descobri sobre como escolher palavras-chave

Antes de trabalhar com marketing de conteúdo, eu sempre achei que palavras-chave eram escolhidas meio que aleatoriamente. Qualquer combinação de palavras que tivesse a ver com o conteúdo do texto podia servir. O fato é que eu não podia estar mais enganada; naquela época, eu não sabia nada sobre como escolher palavras-chave. Mas fui aprendendo – na teoria e na prática – com o tempo.

O que acontecia antes era que eu simplesmente não conseguia obter bons resultados com os meus próprios textos. Parecia que ninguém lia o meu blog – mesmo sabendo que ele tinha um conteúdo de altíssimo nível. 

Mas o verdadeiro problema não era esse. O problema era que eu não estava aplicando dois princípios muito simples. Eles são tudo o que você precisa saber sobre como escolher palavras-chave.

Dois jeitos de como escolher palavras-chave

Vamos colocar a situação de maneira muito simples. Você pode conseguir mais leitores de duas maneiras: uma simples e segura, mas com pouco retorno; e outra mais difícil e com maior custo, porém que vai garantir altíssimo retorno. E tudo vai depender de como você escolher as palavras-chave.

Como escolher palavras-chave: MICRO

A primeira maneira de como escolher palavras-chave é trabalhando no nível micro. Para isso, você deve escolher palavras-chave que possuem pouquíssimas buscas. Geralmente, elas são tão específicas que apenas um grupo muito restrito de pessoas vai estar interessado nelas. O lado positivo é que também há um número muito restrito de páginas com conteúdo sobre o assunto, e esse número fica ainda menor se observarmos quantas dessas páginas aplicam SEO para rankear melhor nas buscas. Portanto, você quase não terá competição.

Como escolher palavras-chave: MACRO

A segunda maneira de como escolher palavras-chave é trabalhando no nível macro. Para isso, vamos fazer o contrário: escolher palavras-chave mais amplas, que possuem muitas buscas. O problema é que, quanto mais ampla a palavra-chave, maior o nível de competição.

Nestes casos, você vai precisar de uma estratégia de apoio: o AdWords. Com o AdWords, é possível colocar seu site no topo das pesquisas (a troco, é claro, de um investimento que pode ser bem alto). Isso é uma estratégia temporária, para criar tráfego. Após algum tempo, esse tráfego mecânico vai elevar a posição do seu site nas buscas orgânicas, e você não precisará mais deles.

Quantas buscas essa palavra-chave recebe?

E como você vai saber se uma palavra-chave tem muitas ou poucas buscas? É bem simples, na verdade. Basta usar uma ferramenta do próprio AdWords. Ela permite que você descubra quantas buscas uma determinada palavra tem por mês.

É claro que existe um truque aqui para descobrir quais as melhores combinações – pois afinal de contas, existem milhares de variações possíveis para a mesma palavra-chave. Com esse truque, você consegue transformar uma palavra-chave altamente competitiva em algo mais restrito, de nicho. Esse truque se chama “paráfrase” – mas não entrarei nos detalhes agora.

Uma última dica: não se deixe levar pela análise que o Google faz da concorrência de cada palavra-chave. Essa competitividade é baseada nos anúncios, e não na totalidade de páginas que aparecem ao fazer uma busca por aquela palavra-chave.

Na dúvida, acredite que todas as palavras-chave com menos de três componentes são altamente competitivas. Por exemplos “SEO” é uma palavra-chave altamente competitiva; mas “como fazer SEO” é bem mais acessível.

Chegue antes ou faça diferente

Uma vez eu ouvi alguém dizendo que, para ter sucesso, é preciso fazer primeiro ou fazer melhor. Na hora de decidir como escolher palavras-chave, é mais ou menos assim. Você pode ir aonde a concorrência é baixa, e fazer primeiro. Ou você pode encarar as maiores concorrências e lutar pelo grande prêmio – e, nesse caso, só dou um conselho: seja o melhor.

LEIA MAIS: Você também pode descobrir Como eu aumentei o tráfego do meu site com uma medida simples

Como eu aumentei o tráfego do meu site com uma medida simples

by Clara Mangolin

Para quem não me conhece, meu nome é Clara e eu sou uma das fundadoras da CRVLing. Hoje, eu vou contar uma história secreta da empresa para vocês.

Criar o blog foi um desafio para mim. O assunto é de um nicho bem específico – linguagem. Por isso, conseguir leitores era difícil se não usássemos campanhas de Ad Words ou Facebook Ads. Mas esse nunca foi o nosso objetivo. Queríamos tráfego orgânico, simplesmente por que o nosso conteúdo valia a pena.

Continuar lendo